Histórico

Aos 23 de novembro de 1934, foi criado o GINÁSIO DE ITAJUBÁ, que começou a funcionar com suas primeiras turmas no início de 1935. Desde esta época o colégio mantinha os cursos primários e de admissão. Sua entidade mantenedora era a Sociedade Escolas Reunidas, instituto livre de ensino secundário. Por ocasião da Reforma do Ensino, em 1943, foi criado o Ginásio e o Científico.

Em janeiro de 1954 a entidade mantenedora foi encampada pela Sociedade Educativa Itajubá LTDA. que, em janeiro de 1956, cedeu todos os seus direitos, com móveis e imóveis existentes na época, à nova Sociedade Colégio de Itajubá, na pessoa do então Vigário Padre Antonio Leonardo Maria Pennock. A Sociedade Colégio de Itajubá encampou também o Ginásio Padre Nicolau. O Colégio Técnico de Comércio do Instituto Padre Nicolau teve continuidade na mesma data, janeiro de 1956, nos prédios do Colégio de Itajubá.

Em 1965, a Sociedade Colégio de Itajubá adquiriu o Colégio Técnico Industrial de Química de Itajubá e a Faculdade de Ciências Econômicas do Sul de Minas. O Colégio de Química e a Faculdade de Ciências Econômicas funcionavam no prédio situado à Rua Pereira Cabral, 494, mas, em 1967 a Faculdade funcionou nos prédios do Colégio de Itajubá, até 8 de maio de 1968, quando fez cessão de direitos à Prefeitura Municipal de Itajubá. Em 1971, o Colégio de Química começou a funcionar no novo prédio, construído nos terrenos do Colégio de Itajubá.

A Sociedade Colégio de Itajubá adquiriu a cessão de direitos, em 1972, do Colégio Técnico de Administração e Secretariado e, em 1978, dos cursos de Eletrotécnica, Eletrônica, Mecânica, Telecomunicações e Eletromecânica. Todos eles, antes, pertencentes à Sociedade Educacional de Itajubá.

O lº grau de ensino funcionou até o ano de 1980, sendo que a partir daí continuaram apenas os cursos técnicos profissionalizantes.

Em 1994 a FUNDAÇÃO NOSSA SENHORA DE GUADALUPE passa a ser a nova entidade mantenedora do Colégio de Itajubá, adquirindo a autorização dos Cursos do Ensino Fundamental e Médio, bem como dos Cursos Técnicos. Imediatamente, são reativadas as séries de 1º grau e implantada a pré-escola. Os cursos técnicos profissionalizantes são mantidos e o ensino médio normal é conveniado com o Sistema Anglo de Ensino.

A partir daí, o Colégio de Itajubá passa por um processo de revitalização com a implantação de novos cursos técnicos, fortalecimento do ensino médio, implementação de processos pedagógicos inovadores e a adoção de uma gestão administrativa profissional.

Em 2004 o Colégio de Itajubá completa 70 anos de existência e durante um ano inteiro realiza vários eventos comemorativos, como: Lançamento do Selo comemorativo dos 70 anos, Descerramento de placa comemorativa e homenagem especial aos ex-alunos, Missa solene, Coquetel, Feira técnica (Setec), Mostra dos 70 anos de história e Torneio de Futebol 70 anos. Os eventos reuniram autoridades, personalidades da comunidade, ex-diretores, professores, funcionários e muitos ex-alunos vindos de diversos estados do Brasil.

No mesmo ano de 2004 o colégio realiza uma grande reestruturação pedagógica, inserindo em todas as suas ações de ensino as Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB nº 9.394), que foi a última grande reformulação do ensino no Brasil. Hoje o Colégio de Itajubá adota o que existe de mais atual na educação em nosso país.